sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Amores da minha vida....


Esses são meus amores! E acho, que da minha vida inteira. O marido, que é meu eterno namorado há mais de 5 anos, e a Pudim, nossa filha, que está conosco há mais de quatro anos.
Nossa história, quer dizer, eu e o marido, nos conhecemos no trabalho e olha que todas as gatinhas, queriam saber o nome dele, mas não sei o que deu, a gente logo se enturmou, fizemos amizade, até encontros com outra garota ele me contou, mas acho que estava escrito nas estrelas. Começamos a namorar, depois de 11 meses, estávamos casados. Não temos filhos humanos, porque ainda não deu tempo, mas temos os filhos peludos que nos dá alegria do mesmo jeito.
A Pu, comprei para minha sobrinha. Naquele tempo, ainda não havia sido fisgada pela adoção. Ela estava com hérnia umbilical, mas a carinha era a mesma. Mas ela não quis minha sobrinha como mãe, ela me escolheu! Depois disso, a gente nunca mais de viu sozinha. Todas as viagens que eu faço, ela vai junto. Até hotéis, eu escolho aquele que pode hospedá-la e quando ela realmente não pode ir, a saudade é enorme!
Agora, o marido....bem, a gente se ama. Ele compreende meus defeitos, não reclama de nada e quando eu fico triste por causa de algum animal abandonado que eu não consigo resgatar, ele sofre junto. Me fez até uma promessa: vamos juntar um dinheiro, comprar um sitinho e lá, vou poder ter todos os animais abandonados que eu puder adotar! Não é lindo?
Gostaria de ter feito este post antes, pra mostrar a eles que eu realmente os amo. Dei mais ênfase à Pudim, porque ela é minha companheira de todas as horas, enquanto não me levanto, ela dorme até o dia clarear e anoitecer de novo! Mas todos os outros seis moram em meu coração e não pagam aluguel...Tigrão, Billy, Garú, Kaled, Lolla, Paris e principalmente a Quindim, de quem eu não me esqueço nunca!
Bejim....

Um comentário:

Elaine disse...

Olá!
Não é maravilhoso um marido que assume nossos bebês?
O meu vem de uma família hiper fresca em relação à animais e no entanto ele "comprou" minha paixão desde que casamos.Até concordou em largar a casinha que tínhamos no fundo da casa dos pais dele por causa do nosso primeiro cachorrinho.Logo vou fazer um post sobre esse episódio, depois te conto.Fica com Deus